PT/     ENG

As “boas sensações” de Ricardo Santos


As “boas sensações” de Ricardo Santos

15/10/2015

Foi o melhor português entre os jogaram de manhã no primeiro dia do Portugal Masters

Ricardo Santos teve hoje um começo positivo no 9.º Portugal Masters, com uma volta de 69 pancadas (-2) que o deixa dentro claramente do cut provisório. Detentor da melhor marca portuguesa no torneio (16.º lugar em 2012), o algarvio de 32 anos chegou a estar 3 abaixo do par para o seu último buraco, o 9 (par 4), mas falhou o green à esquerda e não conseguiu fazer up & down, concluindo com bogey.

Mais doloroso ainda foi o final de jogo de João Carlota, que estava –2 para o 18 (par 4) e encerrou com duplo bogey, depois de ter batido o segundo shot do bunker para o lago; depois de dropar ainda fez um excelente approach para deixar a bola a dois metros da bandeira: no putt, porém, a bola fez uma gravata e não entrou. Resultado, 71 pancadas (par), o mesmo score do bicampeão nacional amador Tomás Silva, do Clube de Golfe do Estoril. Já Pedro Figueiredo não foi além das 77 (+6).

Em jogo esta tarde, a completar o contingente português, estão Ricardo Melo Gouveia, Tiago Cruz, Filipe Lima e o amador Vítor Lopes. O belga Nicolas Colsaerts é o líder na club house com 64 (-7)

Com o seu treinador Almerindo Sequeira a caddie, Ricardo Santos começou do 10, num grupo com o irlandês Paul Dunne e o dinamarquês Andres Hansen, dois jogadores que marcaram 68 (-3). Além do bogey no 9, só perdeu pancadas no 14, o seu quinto buraco, onde fez duplo bogey 6, depois de ter metido a bola na água. Em contrapartida, assinalou 5 birdies (12, 13, 15, 18 e 5).

“Falhar shots todos vamos falhar, mas aqui no Oceânico Victoria há buracos bastante competitivos, e depois, com o vento contra, torna-se mais difícil, como foi o caso de hoje. Mas tive boas sensações. Fiz aquilo que me propus fazer: ter uma boa atitude em campo. E jogar abaixo do par é sempre positivo, mas espero fazer melhor amanhã.”

NA FOTOGRAFIA: Ricardo Santos / © FILIPE GUERRA

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn